NOVIDADES
Cadastre-se e fique por dentro de tudo que acontece na Dalpet.

Quero ser um representante

Preencha com seus dados que entraremos em contato:

SAC 0800 47 4848

BLOG





Coceira em cães: Causas e soluções

21 de Março de 2018


A primeira dica é levá-lo ao veterinário. Ele verificará se seu pet possui alguma vacina em falta, o que pode ter causado este incomodo. Além disso, ouça as sugestões dele antes de tomar alguma decisão, eles são profissionais e entendem do assunto!


Não confunda os pets e aplique o mesmo antipulgas! Cães e gatos possuem organismos diferentes e esta confusão pode causar mais mal ao seu bichinho.


Existem alguns tipos de problemas que podem fazer seu pet se coçar, portanto, deixaremos aqui as informações necessárias para identificação e combate:


- Sarna: Doença causada por ácaros, que, além da coceira, normalmente causam queda de pelo. É perceptível pelo dono ou por outras pessoas, pois a aparência do bichinho fica prejudicada, formando feridas e favorecendo possíveis infecções.  Para evitar que isso ocorra, a melhor maneira é mantê-lo longe de animais que apresentam este tipo de doença e manter seu quintal ou área de lazer sempre limpo. Como opção de tratamento, a melhor maneira é levá-lo ao veterinário para ver o nível da doença e saber da dosagem necessária para curar seu pet.


Existem três tipos de sarna que podem prejudicar seu pet:


A Sarna Sarcóptica ou Escabiose (ácaro Sarcoptes scabiei) pode afetar cães e gatos, porém é comum em cães. O ácaro provoca coceira intensa, crostas e erupções avermelhadas na pele, além de queda de pelos e possíveis infecções. É um tipo de Sarna muito contagiosa, podendo ser passada até para humanos via contato direto.


Sarna Otodécica ou Sarna de Ouvido (ácaro Otodectes cynotis) fica na parte interna das orelhas e próximo aos ouvidos, causando coceira intensa, acúmulo de cerúmen (cera de ouvido), também podendo gerar infecções, causando otite, por exemplo. Ela é transmissível entre cães e gatos por contato direto.


Sarna Demodécica ou Sarna Negra (ácaro Demodex canis) atinge principalmente os cães. Esta doença é mais frequente em cães com pelo curto, como Beagle, Boxer, Dachshund, etc. É causada pelo aumento dos ácaros que já estão nos cães, esta proliferação pode ser causada por distúrbio genético ou imunológico. Esta doença pode ser identificada a partir de exames onde alguns ácaros são retirados do animal.


 


- Carrapato: Este parasita pode ser mais perigoso do que você pensa! Além de provocar coceiras e feridas no seu pet, pode causar uma doença chamada erlichiose, podendo deixar seu pet com anemia. Eles costumam se alojar debaixo das orelhas, focinho, pescoço e nas patas. Costumam ficar entre folhas secas, e até na cobertura de canis, por isso, é muito importante manter a limpeza na área de serviço ou no quintal da sua casa caso você possua plantas e uma casinha para seu pet. Para evitar e eliminar os carrapatos nos pets, o normal é a utilização de produtos para a expulsão e extermínio do parasita. Além disso, é importante realizar um procedimento de limpeza na sua casa. A utilização de carrapaticidas é o mais indicado, passando por cima dos canis, frestas das paredes e nos rodapés. Caso seu pet ainda sofra com os carrapatos, o veterinário deve ser consultado.


 


- Pulgas: Também parasitas, costumam se alojar em locais quentes como debaixo das orelhas, pescoço, barriga e próximo a cauda dos pets. Já nos ambientes, ficam nos rejuntes dos pisos, entre as madeiras do sofá e no carpete. Como este tipo de parasita infelizmente é comum, normalmente ao entrar em contato com outros pets, seu pet pode contrair este parasita. Além disso, lugares como praças, portões de casas e lugares que a freqüência de pets é maior. A maior forma de evitar as pulgas e proteger seu pet é justamente tirar o contato dele com outros animais, isso se aplica muito no verão, que há uma maior concentração de pets fora de casa. Fora isso, produtos específicos para retirar as pulgas são o mais indicado, com reforço a cada 30 dias. Caso seu pet tenha várias pulgas e mesmo com o tratamento isso não se resolva, um veterinário deve ser consultado. 


 



coceiras, pets, tratamento, pulgas, carrapatos, sarnas


Compartilhe








Copyright © 2018 DalPet | Desenvolvimento Propaga + Quax